terça-feira, 12 de maio de 2009

Kiouku

Há duas semanas, o casal ganhou a companhia de amigos queridos na aula de dança de salão que frequenta às terças-feiras. O Rafa e a Beca apareceram por lá pra tornar tudo ainda mais divertido. Melhor do que dançar com amigos, só sair pra comer com eles. E lá fomos nós, depois de uma canseira que o merengue dá, se empanturrar de peixe cru.

Escolhemos um restaurante de comida japonesa em Pinheiros, o Kioku, por indicação do Rafa. Às 23h de uma terça, é claro, o lugar não estava cheio. Tinha a nossa e mais três mesas ocupadas. Ainda que os clientes fossem poucos, o restaurante teve trabalho. Qual não foi nossa surpresa quando a Beca começou a pedir comida japonesa.... sem arroz e sem molho tarê! Hot roll sem arroz, já viu essa? A descoberta só tornou a noite mais divertida, porque não paramos de brincar com ela a respeito.

Fomos todos de rodízio. Peixes frescos, bom temaki de salmão skin, sushis bem montados. Foi um jantar bem gostoso, mas o restaurante não sai do feijão com arroz. É muito bom ser surpreendido com sushis diferentes, invenções que acabam dando certo. Faltou esse temperinho.

Os garçons não decepcionaram. Atenderam nossa mesa com atenção e simpatia e não se recusaram a atender os pedidos esquisitos da Beca. A gente sabe que a maioria faz aquela cara feia quando você pede alguma coisa que sai do script.

Quatro rodízios + quatro bebidas + 10% = R$ 152. Feita a divisão, cada um pagou R$ 38. Menos eu (!!!), que fui acarinhada com uma gentileza do Gabi. Foi tudo muito bom, ninguém reclamou do preço, mas não deixou aquele gosto de quero mais. Só o que o casal quer mais é experimentar outros restaurantes na companhia do Rafa e da Beca, claro. Nota 8 para o Kioku.

Um comentário:

  1. estava atras do site desse restaurante e cai aqui! adorei! parabéns!

    ResponderExcluir