terça-feira, 26 de maio de 2009

Badaró

Era um sábado e o casal estava prestes a enfrentar uma maratona no shopping pra comprar o presente do dia da mães. Mas antes dos trabalhos, uma pausa para forrar o estômago. Me lembrei que tinha almoçado com a querida Magê num restaurante gostoso e sugeri para o Gabi. Fomos direto para o Badaró, uma casa especializada em cozinha paulista que fica no piso de alimentação do Shopping Morumbi.

Já eram quase 16h, e embora o shopping estivesse lotado, o Badaró não tinha espera. No caminho até nossa mesa, fomos distraídos por um buffet de feijoada cheiroso e completo. Mas resistimos a tentação. As opções do cardápio nos deixaram bem na dúvida, e devoramos o couvert - simples, uma cestinha com pães e manteiga - enquanto nos decidiamos entre um prato e outro.

O Gabi foi de Quibebe, um prato de carne seca desfiada, arroz, feijão preto e purê de abóbora. Eu não me lembro o nome do meu, mas era um frango desossado ao molho de mostarda, com purê de batata e palmito empanado. Uma delícia! Frango não é a minha praia, mas a combinação me pareceu bem suculenta. E de fato era. A comida é leve, com um temperinho marcante sem ser forte, e o palmito empanado deu um toque refinado ä combinação.

É claro que eu tomei emprestada algumas garfadas do prato do Gabi. E arrisco dizer que o Badaró serve o melhor purê de abóbora que já comi. A gente ficou tentando adivinhar qual era o tempero que deixou um ardidinho bem leve em nossas bocas e amezinou um pouco do sabor mais adocicado da abóbora. A carne veio seca na medida, e bem temperada com cebola.

Foi um almoço leve e farto. Fora a boa comida, o Badaró tem um ambiente muito agradável e atendimento impecável. As mesas não ficam coladas umas nas outras e o salão é amplo, embora fique numa área do shopping. O lugar ganha um ar mais descontraído porque a cor dos detalhes contrasta com a sobriedade das paredes, decoradas com painéis com fotos de São Paulo em branco e preto. Muito bacana.

Os pratos custavam em média R$ 25, e o valor total da conta (que incluiu o couvert e as bebidas) esbarrou nos R$ 70, pagos com VR. O casal pede desculpas pela falha, mas é que já faz um tempinho que visitou o restaurante e acabou esquecendo a quantia exata que deixou por lá. A gente só não esqueceu do sabor da comida, por isso, nota 10 para o Badaró.

* Imagem: Reprodução

Um comentário:

  1. eba, adoro o badaró! cozinha paulista, pra mim, é aquela que misrura todas as coisas gostosas! hehehe.
    beijo.
    adoro!

    ResponderExcluir